Golpe do Falso Emprego que pede para fazer PIX

Atualizado em 27/10/2023

Entenda como funciona o Golpe do PIX aplicado via mensagem de texto (SMS) e WhatsApp que pede dinheiro para exame admissional ou curso de capacitação.

O que é o Golpe

Como funciona

Como se proteger

Como denunciar uma tentativa

O que é o Golpe do Falso Emprego

Trabalhar pouco e ganhar muito sem precisar sair de casa é o chamariz utilizado no Golpe do Falso Emprego. Nele, os golpistas oferecem uma suposta vaga, normalmente de meio período e em uma grande empresa, com alta remuneração e trabalho a distância.

O objetivo dos golpistas é roubar dinheiro das vítimas. Eles podem pedir informações como números de identificação e de conta bancária, sob o pretexto de conduzir uma verificação de antecedentes ou uma verificação de crédito. Também costumam pedir o pagamento de uma taxa para dar o treinamento necessário para o cargo ou até mesmo para fazer uma reserva de vaga, prometendo que o dinheiro será devolvido.

Para passar credibilidade, os golpistas muitas vezes se apresentam como ‘’Gerente de Contratação’’ ou ‘’equipe de recrutamento’’. Independente do salário oferecido ou cargo de quem está anunciando, desconfie: se o caminho é fácil demais e ainda exige o pagamento de alguma quantia, você pode estar caindo em um golpe.

SOS Golpe: Caí No Golpe E Preciso De Ajuda

Exemplos de Golpes do Falso Emprego

Abaixo, separamos alguns exemplos para você entender na prática como o Golpe do PIX do Falso Emprego acontece:

➡️ Recebimento de mensagens de um número desconhecido enviando a oferta e a descrição da suposta vaga de emprego;

➡️ Mensagem de texto na caixa de mensagens do próprio celular (SMS) ou direto no WhatsApp;

➡️ Mensagem com link para o preenchimento de diversas informações pessoais, como nome, CPF, data de nascimento e até dados bancários.

➡️ Solicitação de pagamento para receber treinamento, comprar equipamentos, participar do processo seletivo e/ou segurar a vaga.

SOS Golpe: Caí No Golpe E Preciso De Ajuda

3 passos para se proteger do Golpe do Falso Emprego

  1. Pesquise a empresa e a oferta de emprego: antes de aceitar qualquer oferta de trabalho ou entrar em algum processo seletivo, verifique as informações fornecidas pela empresa, como o endereço físico, o número de telefone e o site oficial.

    ⚠️ Dica: Busque pela empresa e pelo nome do suposto recrutador no LinkedIn, caso não tenham perfis, desconfie.
  2. Atente-se a ofertas de emprego enviadas sem ter se candidatado, empresas que parecem desconhecidas ou pouco confiáveis e entrevistas em locais inapropriados ou abordagens pouco profissionais, com erros de português e por canais informais, como o WhatsApp.

    ⚠️ Dica: Caso a suposta oferta de emprego seja de uma grande empresa conhecida, entre no site e veja se a vaga realmente existe. Geralmente você encontra as vagas que estão abertas pelo site mesmo, em alguma página interna específica, ou o próprio site te direciona para um parceiro oficial.
  3. Desconfie de qualquer solicitação de pagamento adiantado em um processo seletivo. Essa prática é muito pouco comum em processos sérios e confiáveis.

Como denunciar passos para se proteger do Golpe do Falso Emprego

Envie a fotografia da sua tela (print screen) da tentativa de golpe para nosso WhatsApp que faremos a denúncia da tentativa nas instituições financeiras e canais de comunicação.

Este protocolo ajudou? Então avalie com 5 estrelas:

Clique nas estrelas

Média da classificação 3 / 5. Número de avaliações: 4

Nenhuma avaliação até agora! Seja o primeiro a avaliar este artigo.